terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Memória afetiva....

Aos 9 anos já era independente. Comprava seus presentes sem a ajuda de adultos.

Presenteou-me com este caderninho no Dia das Mães.


Com direito a dedicatória:


Mãe,
hoje e sempre, onde quer que seja; vou estar com você lhe amando!
Esse livro vai te ajudar a criar sonhos e realidades a respeito da vida!
Um beijão de sua filha
Anna Clara
09-05-99


Obrigada filha, você foi o presente mais significativo que a vida me deu.

6 comentários:

Max disse...

E já mostrava para o que veio!
Essa menina nasceu para brilhar!
Parabéns, minha amiga, pelas sementes plantadas.

Gisa disse...

Bom demais não é Re ? Existe algo melhor nessa vida do que ter filhos ?

bjs querida

Luis F disse...

Um excelente presente...

Lindo momento aqui deixado em tão bela partilha de sentimento...

Bjs
Luis

Clara disse...

ownnn, a minha mãe é amada mesmo, pelo que é.
e que pretensão a minha, aos 9 anos e decidindo o que ajudaria alguém a entender a vida...

vivian disse...

Que gracinha!
São esses presentes que mostram a delicadeza do ser.
bjs.

Georgia disse...

Lindo Regina!

Essa sua filha vale ouro se pudéssemos medir assim.

O Daniel também este ano para o natal usou a mesada dele para nos presentear me comprou pedras coloridas, pois ele sabe o quanto eu gosto de pedras.

Um grande beijo