sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Dançando conforme a música


Abellán O Baile


Quando me disseram que eu tinha que dançar conforme à música, tomei providências radicais: entrei numa escola de dança, e aprendi a ler partituras. Transformei em violino as palmas da minha mão. Abracei a clave do Sol, com ternura e delicadeza. Envolvi-me com musas, semifusas e colcheias, e caí nos braços de Beethoven. Achei a chave do céu. Comecei tocando os instrumentos de corda. Depois, os de sopro e percussão, os principais. E então me aprimorei, com determinação. Acabei tornando-me um criativo compositor, um empresário maluco, um maestro zen. E agora sou o líder da própria banda. Por isso é que sempre danço conforme à música. A música que eu escolho.


Edson Marques, daqui.

2 comentários:

Renato Hemesath disse...

Oi Regina.

Vim a conhecer tuas postagens e teu espaço. :]
Achei bastante querido.

Abraços.
www.cinefreud.blogspot.com

Max disse...

É preciso sim, dançarmos conforme a nossa música.