terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ponto Nevrálgico

Foto: Minha

Às cinco horas da tarde
sobe-se e desce-se o Chiado
bebe-se chá no Chiado
bebe-se o ar do Chiado
come-se nas montras do Chiado
conversa-se no Chiado
conversa-se do Chiado
literatura-se no Chiado
figura-se no Chiado
Chiada-se.

Mendes de Carvalho

3 comentários:

Camila Lima disse...

Olá Regininha, belo como tudo o que faz!
Estou desativando o meu Blog, mas continuarei no Recanto e visitando os seus lindos blogs.

Beijos!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Lindo, esse grande Chiado
Beijo grande Regininha!
Smareis

helio.rocca disse...

Gostei muito deste poema, mexeu comigo. Abraço fraterno, Helio Rocca.