quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Celebrar a morte deles...


Hoje é dia de finados.
Que esse dia, um dia, se torne dia de celebração:
por ter morrido
minha prepotência,
meu comodismo,
meus vícios de linguagem;
o medo que paralisa,
as relações demasiadamente mornas
e minha auto-sabotagem.
Anaclara de Castro

Um comentário:

Georgia disse...

Regina querida, tudo bem?

Eu nao celebro os mortos, celebro os vivos e enquanto eles vivem.

Grde beijo