domingo, 1 de agosto de 2010

Antigos e Soltos, poemas e prosas da pasta rosa


























O livro 'Antigos e soltos' reúne escritos da carioca Ana Cristina Cesar. A publicação é o testemunho do processo criativo da escritora, que se tornou ícone da poesia nos anos 1970/1980, e apresenta textos de diversos gêneros, poemas, fragmentos de diário, anotações íntimas em cadernos de aula, relatos de viagem, bilhetes e cartas nunca enviadas. O material foi preservado pela mãe da poeta, Maria Luiza, e doado pela família ao Instituto Moreira Salles, onde se encontram todos seus originais. Posteriormente, foi catalogado por Manoela Daudt d'Oliveira e reorganizado para a presente edição por Viviana Bosi. *


Por Enquanto
Quando
então
sentada na cama de casal
lembro que nela te perdes de
beijos
estou sem ar
no ar mexo as mãos
olhos
força nos ombros no nariz;
a garganta solapa; via
estreita,
nossa conversa amena;
nossa amizade;
até o previsto e casto
adeus;
o tempo se poupa;
nos economiza;
e teu ouvido
mouco;
e o troco;
e enquanto isso,
fora,
o real constrói o poema,
imbatível.

Ana Cristina César

*O livro tem 475 páginas, já estou na metade.

3 comentários:

vivian disse...

Que invejinha estou de você. Ana Cristina escreveu poemas belíssimos.

Felicidade Clandestina, disse...

que bela postagem!
:)

Yuna Ribeiro disse...

Olá Regina tudo bem?!
Desculpe entrar em contato assim, mas não encontrei um e-mail, é que estou procurando desesperadamente esse livro e não encontro em lugar algum. Estou fazendo um trabalho de conclusão de pós-graduação sobre a Ana C. e seria muito importante ter acesso a esse livro. Você ainda o tem? Será que por algum milagre teria interesse em vendê-lo? Meu e-mail é yunaribeiro@usp.br espero receber alguma resposta sua! obrigada! Parabéns pelo blog! ;)