sexta-feira, 29 de agosto de 2008


E floresço fortalecida.

Um comentário:

Ana Jácomo disse...

Lindo! Adoro Manoel de Barros.
Esse é um caminho que nos conduz ao tempo da reinauguração da primavera, não é? :) Observo várias vezes isso na dinâmica das minhas estações.
Um abraço,
Ana