sexta-feira, 1 de maio de 2009

Trabalha-Dor?

Operários, Eugênio de Proença Sigaud

Pro-Labore


Tenho orgulho dessa gente que trabalha
que carrega
nas costas, no ombro, no braço.
Sacola, carro, carrinho,
balde, pedras, latas,
enxada, grãos, ancinho.
Orgulho dessa gente
que mama no seio da Terra e, sem patrão, constrói ninhos.
Tenho orgulho dessa gente que trabalha em grupo,
transpira, e logo logo
onde não havia nada, brota.

Gloria Horta

Um comentário:

Eurico disse...

Tenho orgulho do proletário,
mas lhes desejo um mundo mais
fraterno e solidário.

Abraço fraterno.