quinta-feira, 26 de julho de 2012

Só por hoje....


Só por hoje

Só por hoje
vou rasgar os códigos.
Desacatar as regras,
a água morna,
os preços módicos.
Só por hoje
desacredito das retas,
descarrilho do trilho,
desvio das setas.

Preciso de tempo pra sonhar,
respirar fundo e carregar na mão
o sal da vida e o mel do mundo.

Se o compromisso tocar a campainha,
peço que aguarde na casa vizinha,
mansamente, sem fazer alarde.
Mas comunico a todos pela imprensa
que sumiu a lucidez.
Pediu licença.
É só por hoje,
mas agora é minha vez.
Flora Figueiredo

3 comentários:

Claudia Matos disse...

Querida Regina, adorei!!! Hoje este trecho combina com o meu sentimento:

"Preciso de tempo pra sonhar,
respirar fundo e carregar na mão
o sal da vida e o mel do mundo".

Grande abraço,
Cláudia Matos

Claudia Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ariadne disse...

Todos temos que dar um dia de folga que seja para a lucidez e afundar o pé um pouco na loucura, senão corremos o risco de pirar de vez, amiga! Um belo texto! Eu estava mesmo precisando ler algo assim... Obrigada pela partilha! Beijos, querida!