sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Clandestina Felicidade

Clarice Lispector, a menina ucraniana, descobriu no Recife a felicidade clandestina que fez dela uma das maiores escritoras brasileiras de todos os tempos.


3 comentários:

Lisete de Silvio disse...

Dona Rê, passei por aqui. Não consegui abrir o vídeo - melhor dito, ela não andava.

Bjs

Georgia disse...

Regina que achado. Eu aprendo muito vindo aqui.
Parabéns!

Mesmo longo, mas valeu!

Beijos

Thaiz disse...

Eu assisti uma entrevista no youtube da Clarice ...e falava que ela era Russa....=S. Mas muito legal, gosto dos livros da Clarice.